My Thoughts On 'The Year Of Magical Thinking'

My Thoughts On 'The Year Of Magical Thinking'


Acho que este livro é daqueles casos clássicos que estamos sempre a ver no Instagram e que vemos tanto nas redes sociais que acabamos por ceder e comprá-lo. Quando isto acontece, existem duas opções: ou odiamos o livro e não percebemos a razão do todo o alarido à volta dele, ou adoramos. Com este livro, aconteceu-me a última opção. Sabia que era um livro de memórias, o que para mim é logo uma mais-valia, mas não sabia muito bem o que esperar. 'O Ano do Pensamento Mágico' retrata o ano de Joan Didion após a perda do seu marido. O tema principal é, sem dúvida, o luto o que, de certa forma, o torna num livro um pouco pesado. Sente-se que é um livro bastante pessoal, quase como que um diário dos dias da escritora, mas tem tanto de pessoal como de universal, pois todo nós já passamos ou iremos passar por algum tipo de perda durante a nossa vida. Sem dúvida, um livro incrível que todos nós devíamos ler.

I think this book is one of those cases that you're always seeing on Instagram, and you see it so much that you end up caving and buying it. When this happens, there are two options: either you hate the book and don't know what the fuss was all about, or you love it. It was the latter with this book. I knew it was a memoir which is always a plus for me, but I didn't really know what to expect. 'The Year of Magical Thinking' is the account of the year that followed the death of Joan Didion's husband. The main subject is grief which makes it quite a heavy book. You feel that is a very personal story, almost like a diary, it's an intensely personal yet universal experience because we all went or will go into some griefing process during our life. It's an amazing book that everyone should read. Loved it. 

"Life changes in the instant. The ordinary instant."