Looking Over The Past 12 Months

O último dia do ano chegou e, por isso, o post de hoje é uma retrospectiva de 2019 com os melhores momentos de cada mês. Confesso que adorei fazer este post, o tempo passo tão rápido que às vezes esquecemo-nos dos momentos incríveis que vivemos. Aqui estão alguns dos meus.

The last day of the year is here so today's post is a review of 2019 with the best moments of each month. I really loved getting this post together, time goes by so fast that sometimes we forget the amazing moments we lived. Here are some of mine.
3 Things I Want To Change In The New Year

Estou de volta e com novo conteúdo para partilhar com vocês. Estas mini-férias foram perfeitas para recarregar baterias e reunir inspiração. E visto que o ano está mesmo a acabar, decidi partilhar com vocês três coisas que quero mudar no próximo ano. Não estou a falar de objectivos, como já vos disse, não sou fã de resoluções de ano novo, são apenas três hábitos que quero implementar na minha vida no próximo ano.

I'm back and have a lot of new content to share with you. This time-off was perfect to recharge and to gather some inspiration. Since the year is coming to an end, I decided to share with you three things I want to change in my life next year. I'm not talking about goals, as I already told you, I'm not the biggest fan of setting new goals every year, these are just three habits that I want to slowly start to incorporate into my life next year.


1. Not Checking My Phone First Thing In The Morning

Tenho a certeza que muitos de vocês, tal como eu, vão ao vosso telemóvel assim que acordam. Eu até sinto que me ajuda a despertar, mas é algo que quero parar de fazer. Não é de todo um hábito saudável. Quero acordar devagar, talvez até ler algumas páginas do livro que estou a ler e apenas depois ir ao telemóvel ficar a par de todas as redes sociais.

I'm sure a lot of you also do this. The first thing I do when I wake up is to check my phone. I actually feel like it helps me to wake up, but it's something that I really want to stop doing. It's not a healthy habit. I want to wake-up slowly, maybe read a few pages of the book I'm reading, and then checking my phone. 


2. Start A Journal

Há uns meses escrevi um post sobre isto, como quando somos crianças/adolescentes escrevemos no nosso diário e depois simplesmente desvanece-se esse hábito. Mas este ano quero começar a fazê-lo novamente. Talvez não todos os dias, mas sinto que me passa tanta coisa pela cabeça que quero começar a passar todas essas ideias para o papel.

A few months ago, I wrote a post about this, how we all keep diaries when we are kids/teenagers, and then we just stop doing it. But this year I want to start a journal again. Maybe not every single day, but I feel like I have so many things in my head that I want to start getting them into the paper.


3. Switch To Cruelty-Free Products

Esta acho que vai ser das tarefas mais complicadas, quase todos os produtos que uso (tanto de rotina de pele como de maquilhagem) são de marcas que testam em animais. Mas vivemos uma época em que já não existe necessidade de testar em animais e não é algo que eu esteja de acordo, por isso mesmo quero trocar todos os produtos que uso, para produtos cruelty-free.

This is probably going to be one of the hardest tasks for me, almost every product I use (from my skincare to makeup) are from brands that test on animals. But we live in a time that there's no need for companies to test in animals, there are better alternatives, and it's not something that I support, so I really want to switch all my products to cruelty-free.

coat NA-KD | jumper and jeans ZARA | bag PRIMARK | sneakers CONVERSE

photos by MARTA
Time Off

Se me seguem há algum tempo, sabem que costumava publicar aqui no blog de segunda a sexta. Acho que no ano passado não falhei um dia. Isso deixou-me bastante orgulhosa, mas a verdade é que era muito rigorosa comigo mesma, chegando ao ponto de já não ser divertido para mim. Era quase uma obrigação. Até que me apercebi como é importante parar de vez em quando. Para recarregar baterias e voltar ainda mais inspirada. Por isso é que hoje em dia já não sinto qualquer tipo de culpa se por acaso falhar um dia, ou se decidir tirar umas férias. E é isso mesmo que hoje vos venho dizer, na próxima semana o blog vai estar parado. Como sabem, o Natal está a aproximar-se e é uma altura para estar com a nossa família e com aqueles que mais gostamos, por isso mesmo não quero passar esse tempo em frente do computador e imagino que também não é o que vocês querem. Não será o último post do ano, pois volto dia 30, segunda-feira, e, até lá, podem ir-me acompanhado pelo Instagram, pois vou continuar activa por lá. Tenham um bom Natal e divirtam-se muito!

If you have been following me for a while, you know that I used to post from Monday to Sunday. I think that last year I never failed a day. That made me very proud, but the truth is that I was very hard on myself and felt really bad if for some reason I failed one day. In my mind, I had to post. Until I realize how important it is to stop once in a while. To recharge, and to return even more inspired. That's why nowadays I don't feel guilty if I have to skid a day or to take some days off. And that's what I'm telling you today, I'm taking next week off. Christmas is approaching, and it's the time to be with the people we love the most, I don't really want to be in front of the computer, and I'm sure you don't as well. This is not the last post of the year, I'll return on the 30th, Monday, and until then you can see what I'm up to on Instagram because I will try to still post over there. Merry Christmas and have fun!


The Monthly Playlist: December

A playlist deste mês vem um pouco mais cedo que o habitual, mas amanhã já vão perceber porquê. Este mês comprei um álbum que sempre adorei e estava com um desconto tão bom que tive mesmo de o comprar. Estou a falar do ANTI da Rihanna. Acho mesmo que é dos melhores trabalhos dela e tem uma cover de uma música dos Tame Impala que eu adoro. E, por falar em Tame Impala, claro que esta playlist tem a nova música que lançaram este mês. Mais uma música que me faz ficar super ansiosa pelo novo álbum e cada vez mais os quero ver ao vivo. E este mês foi isto. Podem ouvir tudo na playlist em baixo. Mas e vocês? Que andaram a ouvir em Dezembro? Têm novos artistas que eu deva conhecer, ou foi músicas de Natal non stop?

The monthly playlist comes a bit earlier this month, but tomorrow you will understand why. This month I bought an album that I always loved, and the discount was so good that I really had to bring it with me. I'm talking about ANTI by Rihanna. I really think it's one of her best albums, and to make it even better, it has a cover of a Tame Impala's song that I really like. And speaking of Tame Impala, the new song they launched this month is obviously in this playlist. Just another song to make me even more excited for their new album, and I really need to see them perform live. You can listen to the playlist below. But what about you? What have you been listening to this month? Are there any new artists that I should know about, or have you been listening to Christmas songs non-stop?

Clearing Out My Wardrobe

Chega uma altura do em que por muito que adoremos o Verão e todos os vestidos e saias que vêm com ele que temos de trocar o nosso armário para a roupa mais quente de Inverno. É a altura perfeita para fazermos uma renovação ao nosso armário e foi isso mesmo que eu fiz. Longe estão os dias em que comprava roupa nova quase todas as semanas, mas desses dias sobraram roupas que praticamente já não usava ou que raramente pegava nelas. Às vezes é difícil desfazermo-nos dessas peças, na nossa mente irá sempre aparecer a altura perfeita para as usar, mas se não o fizeram nos últimos meses, dificilmente o irão fazer no futuro. Portanto, o primeiro passo foi tirar essas peças do meu armário e acabei por ficar com uma selecção de roupa que adoro, intemporal, com qualidade e que sei que irei usar durante muitos anos. A roupa que deixei de fora doei a uma instituição, mas algumas peças guardei para vender. E é aí que preciso da vossa ajuda. Provavelmente, vou fazê-lo no Instagram, mas preferem que faça isso nas minhas stories ou que crie uma nova conta com esse objectivo? Qual acham o método mais fácil? Digam-me nos comentários e fica aqui o desafio para fazerem a mesma limpeza ao vosso armário.  

Even though we love summer and all the dresses and skirts that come with it, there's a time of the year that we have to update our wardrobe to winter clothes. It's the perfect time to clear your wardrobe, and that's exactly what I did. Far away are the days when I used to buy new clothes almost every week, but those days left a bunch of clothes that I didn't wear anymore. It can be hard to get rid of those clothes, in our head there's always going to be the perfect moment to wear them, but let's be honest, if you haven't worn them until now, you probably never will. So my first step was to take all of those clothes from my wardrobe, and the clothes that remain are clothes that I love, timeless, with good quality, and that I know I will wear for many years. The clothes that I don't want anymore I gave for charity but left some to sell. And now I need your help. I will probably do it over Instagram, but do you think it's easier on stories or should I create a completely new account for it? Which do you think it's the easiest way? Tell me on the comments, and I challenge you to also clear out your wardrobe.

coat and jumper ZARA | trousers VINTAGE | sneakers CONVERSE | bag VINTAGE FENDI
Summer Missing Files #2

Nota-se muito que já estou com algumas saudades do Verão? Depois de partilhar algumas fotos analógicas tiradas por Paris (podem ver o post AQUI), hoje partilho com vocês mais algumas fotos analógicas do meu Verão que acabei por não publicar na altura. Eu adoro esta altura do ano, o Natal é das minhas épocas favoritas, mas a chuva constante faz-me sentir saudades destes dias quentes de Verão. Espero que gostem das fotos.

Can you tell that I really miss summer? After sharing some film photos that I shot when I went to Paris (you can see the post HERE), today I'm sharing with you some other film photos from my Summer that I didn't share at the time. I really love this season, Christmas is my favourite time of the year, but these rainy days really make me miss these warm summer days. I hope you like the photos.

Summer 2019
My Thoughts On 'The Year Of Magical Thinking'

Acho que este livro é daqueles casos clássicos que estamos sempre a ver no Instagram e que vemos tanto nas redes sociais que acabamos por ceder e comprá-lo. Quando isto acontece, existem duas opções: ou odiamos o livro e não percebemos a razão do todo o alarido à volta dele, ou adoramos. Com este livro, aconteceu-me a última opção. Sabia que era um livro de memórias, o que para mim é logo uma mais-valia, mas não sabia muito bem o que esperar. 'O Ano do Pensamento Mágico' retrata o ano de Joan Didion após a perda do seu marido. O tema principal é, sem dúvida, o luto o que, de certa forma, o torna num livro um pouco pesado. Sente-se que é um livro bastante pessoal, quase como que um diário dos dias da escritora, mas tem tanto de pessoal como de universal, pois todo nós já passamos ou iremos passar por algum tipo de perda durante a nossa vida. Sem dúvida, um livro incrível que todos nós devíamos ler.

I think this book is one of those cases that you're always seeing on Instagram, and you see it so much that you end up caving and buying it. When this happens, there are two options: either you hate the book and don't know what the fuss was all about, or you love it. It was the latter with this book. I knew it was a memoir which is always a plus for me, but I didn't really know what to expect. 'The Year of Magical Thinking' is the account of the year that followed the death of Joan Didion's husband. The main subject is grief which makes it quite a heavy book. You feel that is a very personal story, almost like a diary, it's an intensely personal yet universal experience because we all went or will go into some griefing process during our life. It's an amazing book that everyone should read. Loved it. 

"Life changes in the instant. The ordinary instant."
Thinking About A Solo Trip

Já há alguns anos que deixei de fazer resoluções de ano novo. Como escrevi no ano passado, estabelecer resoluções para os próximos doze meses da minha vida é um pouco estranho. Percebo o conceito, simplesmente, não é para mim. Mas, já há algum tempo que tenho uma ideia e acho que neste próximo ano vai, finalmente, concretizar-se. E o que eu quero fazer é uma viagem sozinha. É algo que me assusta imenso, mas essa é a principal razão pela qual a quero fazer. Pensei em ir a Londres, pois é uma cidade que já conheço relativamente bem e, por isso, sei que, facilmente, me consigo orientar. Mas, depois de pensar no assunto, o desafio não era assim tão grande para mim e, por isso, depois de analisar o assunto muito bem, já tenho num novo destino em mente. É uma cidade que sempre quis visitar e que nunca fui, por isso, em princípio o destino está decidido. Há uns tempos escrevi um post sobre como acho importante sermos capazes de fazermos coisas sozinhos e de como me sinto confortável com a minha própria companhia, mas viajar sozinha é um passo enorme para mim. É assustador, a control freak em mim fica ansiosa só de pensar no assunto, mas quero muito fazê-lo. Ainda não sei se vai acontecer, eu vou fazer por isso e escrever este post parece que o torna mais real. Por isso fiquem desse lado que eu irei partilhar toda a experiência com vocês com certeza.

For a few years now that I haven't set any new-year goals. Like I wrote last year, setting goals for the next twelve months of my life sounds a bit odd to me. I get the concept, it's just not for me. But for a while now that I have something that I want to do, and I think it's happening next year. I want to go on a solo trip. It's something that scares me a lot, but that's exactly why I want to do it. I thought about going to London, but it's a city that I already know quite well, and I know I can get around easily, so it wouldn't be a big challenge for me. So, after a lot of thinking, I already have a new destination in mind. It's a city that I always wanted to go to, and never been there before, so I think the city is set. A while ago, I wrote a post on the importance of doing things on our own, and on how comfortable I am on my own company, but travelling on my own is a very big step for me. It's frightening, the control freak in me gets anxious just to think about it, but damn, I really want to do it. I still don't know if it's going to happen, I will make everything to make it happen, and writing this post just makes it even more real. So just tag along that I will obviously share the whole experience with you.


jumper, trousers and bag VINTAGE | sneakers VANS
My Day On Film

Hoje, em vez de vos trazer o típico 'Film Diary', trago-vos um post com fotos analógicas de apenas um dia, daí o nome 'My Day On Film'. Tirei bastantes fotos neste dia e decidi reuni-las neste post. Para terem mais contexto, estas fotos são de um Domingo bastante produtivo, mas todas as fotos têm uma legenda. Espero que gostem. E digam-me também se gostam deste tipo de posts.

Today, instead of the usual 'Film Diary', I bring you photos that I shot during only one day, that's why I decided to call it 'My Day On Film'. For you to have more context, these photos were taken on a very productive Sunday, but all the photos have a subtitle. I hope you like them. And also, tell me if you enjoy this kind of posts.

Me and Marta after shooting our outfits
Having brunch at Nola Kitchen with Li
Coffee break at Vogue Café while catching up on some reading
The outside area of Vogue Café
Mandatory selfie at a fancy bathroom
Gorgeous light at home
Putting up my Christmas tree
When An Introvert Becomes A Blogger

Continuando a falar um pouco sobre o tema deste post, onde vos falei como nós, seres humanos, temos a necessidade de rotular tudo, no que toca a personalidade, encaixo-me na secção dos introvertidos. O que acaba por ser um pouco irónico se pensarmos que este blog e o Instagram são um dos meus trabalhos. Todo este trabalho envolve diferentes aspectos que podem ser um verdadeiro pesadelo para um introvertido: fotografar no meio da rua com pessoas por todo o lado, ir a eventos em que por vezes não conhecemos ninguém e partilhar um pouco da nossa vida nas redes sociais. Tudo é sobre nós. A verdade é que todas estas coisas foram, para mim, um desafio enorme quando comecei, mas acabei por aprender imenso e hoje sinto-me bem mais segura e confiante daquilo que sou. Se antes apenas fotografava em ruas quase desertas, hoje não tenho problema nenhum em fotografar na rua mais movimentada da cidade. Não deixa de ser irónico, mas coisas maravilhosas podem acontecer quando enfrentamos os nossos medos. Just go for it!

Still on the topic of this post where I talked about how we love to put everything in boxes, when it comes to personality, I fit into the introvert box. Which is a bit ironic if you think that one of my jobs is this blog and Instagram. It's a job that most of the things you have to do are a real nightmare for an introvert: shoot in the middle of the street with people everywhere, go to events and socialize with people that you really don't know, and share bits of your life on social media. Everything is about us. The truth is that all these things were a challenge for me when I once started, but I learnt a lot, and today I can say that I'm way more confident than what I used to be. If before I could only shoot in places where I knew anyone would see me, nowadays I can shoot in the busiest street of the city. It's ironic, but wonderful things can happen when you face your fears. Just go for it!

coat AMORADO | top STRADIVARIUS | trousers and bag VINTAGE | sneakers VANS

photos by LILIANA