The Monthly Playlist: September

Tal como tinha previsto no mês passado, esta playlist está repleta de músicas do novo álbum da Lana Del Rey. Comprei o álbum e tenho-o ouvido non stop. Algumas das músicas que foram sendo lançadas já tinha incluído em playlists de meses passados, por isso aqui podem encontrar as minhas favoritas que ainda não tinham sido divulgadas. Dois novos álbuns que também tenho andado a ouvir são o "Why Me? Why Not" do Liam Gallagher e o "Não Tarda" dos Ganso. Este mês vi os Capitão Fausto ao vivo o que me fez recordar algumas das suas músicas mais antigas e também algumas que ainda não conhecia do mais recente álbum. E vocês que andaram a ouvir este mês?

As I predicted last month, this playlist has a lot of songs from Lana Del Rey's latest album. I bought the album and have been listening to it non stop. Some of the songs that she released before the album I already featured them on other playlists, so, on this one, you can find my favourites that weren't released. Two new albums that I've been listening to as well are Liam Gallagher's "Why Me? Why Not" and "Não Tarda" by the Portuguese band Ganso. This month I saw Capitão Fausto live, and that made me listen to a few of their old songs and some from the new album that I really didn't know. And what about you? What have you been listening to this month?

A Beginner's Guide To Meditation W/Daniela Gandra

Nunca tinha meditado na vida, até um dia estar com a Daniela e numa manhã ela nos sugerir fazê-lo no meio da Natureza, durante cerca de 20 minutos. Foi ela que nos orientou nesse dia e será ela que nos vai orientar hoje também. A Daniela vai então dar-vos algumas dicas para introduzir a meditação no teu dia-a-dia.

I had never meditated in my life. Until one day I was with Daniela and she suggested us to do it, in the middle of Nature, for around 20 minutes. She was our guide that day and she will also be our guide today. Daniela is going to give us some tips on how to meditate, perfect for beginners who don't really know how to do it.

1. Find a quiet place
Encontra um lugar tranquilo e silencioso onde ninguém te vá incomodar. Deita-te ou senta-se com uma almofada/cadeira numa posição confortável e ereta (a forma mais usada é de pernas cruzadas, mas pode tornar-se desconfortável para quem não está habituado, por isso experimenta aquilo que te faz sentir bem).

Find a calm and quiet place where no one is going to bother you. Lay down or sit down in a pillow/chair in a comfortable and straight position (the most common way is with your legs crossed, but it can be uncomfortable to someone who's not used to it, so try out what makes you feel good).

2. Close your eyes and breathe
Fecha os olhos e começa lentamente a conectar-te com a tua respiração. Inspira, enche bem a barriga, sustém o ar durante 5 segundos e liberta-o profundamente. Sente o ar a encher os teus pulmões e repete estas respirações profundas naturalmente sem forçar o ritmo. Simplesmente sente e atenta às respostas do teu corpo.

Close your eyes and slowly start to connect with your breathing. Inhale, fill your belly, hold the air in for around 5 seconds and deeply exhale. Feel the hair fill up your lungs and repeat these deep breaths naturally without forcing the rhythm. Listen to your body.

3. Relax
É normal que comeces a sentir comichões e que o teu pensamento comece a dispersar para ruídos, pessoas, tarefas, problemas...mas relaxa. Foca-te na tua respiração e deixa esses pensamentos irem embora, substituindo-os por palavras ou situações positivas que queres atrair para a tua vida. Mantém a respiração profunda durante todo o tempo. Experimenta fazer um body scan, focando a tua atenção em cada membro do teu corpo, agradecendo a função de cada um. Por exemplo: "obrigada aos meus pés que carregam o peso do meu corpo e que me levam a lugares fantásticos e ao sítio certo onde devo estar."

Usually, you start feeling itchy or you start thinking about something else like people, tasks, problems...but relax. Focus on your breathing and let those thoughts go away. Replace them for words or positive situations you want to attract to your life. Keep your breathing deep the whole time. Try to make a body scan, focusing on each member of your body and thanking it for its function. Like: "thank you feet for holding my weight and to take me to amazing places and to the right place where I should be at."

Extra Tips

Começa com exercícios de 5 minutos e vai aumentado gradualmente. As melhores alturas para meditar são: logo de manhã ao acordar, antes de deitar para nos afastarmos dos ecrãs e sempre que precisares.

Start with 5 minutes of exercises and slowly add more time. The best times to meditate are: in the morning when you wake up, before going to bed to get away from screens and every time you feel like you need it.

Actualmente existem várias apps de meditação guiada (insight timer, calm, headspace...) que te podem ajudar imenso a encontrar a meditação certa para ti. As minhas meditações favoritas são as de visualização, porque nos guiam numa jornada muito interessante e estimulam a nossa imaginação.

There are a lot of guide meditation apps (insight timer, calm, headspace...) that can help you to find the right meditation for you. Visualization meditation is my favourite because it takes you on an interesting journey and stimulates your creativity.

Acima de tudo, não sejas duro contigo mesmo e explora ao máximo esta ferramenta sem julgamento. Aprende a estar em silêncio contigo, conecta-te com a tua respiração, ouve a tua intuição e desacelera.

Don't be harsh on yourself and explore this tool with no judgement. Learn to be in silence with yourself, connect with your breathing, listen to your intuition and slowdown.
Are Fashion Shows Still Relevant?

Em plena fashion week estive a pensar neste assunto e gostava muito de saber a vossa opinião: o quão relevantes sãos os desfiles de moda hoje em dia? O que costumava ser uma oportunidade única para ver uma nova colecção em primeira-mão, deixou de o ser graças aos live-streams e às redes sociais. Se costumava ir ao site Vogue Runway para ver fotos dos desfiles, hoje em dia basta abrir o Instagram e vejo tudo no meu telemóvel. Já para não falar do negócio do street style. Sinto que nos dias de hoje, as semanas da moda são bem mais sobre o espetáculo do street style, do que sobre as colecções que estão a ser apresentadas. E para comprovar isto basta abrir os sites de moda mais conhecidos e ver que os principais posts são "The Latest Street Style from Paris Fashion Week" e não "The Latest Shows". Mas não me interpretem mal, tal como adoro ver os desfiles dos meus designers favoritos, também adoro ver fotos de street style e, como eu, milhares de pessoas por todo o mundo. E, portanto, a resposta é sim, os desfiles de moda ainda são relevantes. Talvez não tanto quanto costumavam ser e talvez não pelas mesmas razões, mas continuam a ser um espetáculo que qualquer pessoa que goste de moda gosta de acompanhar.

Fashion week is on, and that got me thinking: are fashion shows still relevant nowadays? What used to be an opportunity to see the new collections at first hand, is not any more thanks to live-streams and social media. If I used to go to Vogue Runway to check the photos of my favourite fashion shows, now I just have to open Instagram and can see a lot of videos from that show on my phone. And we also have to talk about the street style scene. I feel like, nowadays, fashion weeks are more about the street style than the collections that are being presented. And to see that, you just have to open the biggest fashion websites and see that the posts they are doing are "The Latest Street Style From Paris Fashion Week' and not "The Lastest Shows". Don't get me wrong, I love seeing my favourite designers' fashion shows, but also love seeing street style photos, and, just like me, a lot of people all around the world. So the answer is yes, fashion shows are still relevant. Maybe not as much as they used to be, and maybe not for the same reasons, but they're still a show (in the true sense of the word) that any person who loves fashion likes to keep up with.

blazer MANGO | shirt TIFFOSI | skirt &OTHERSTORIES | boots STRADIVARIUS | bag VINTAGE

photos by MARTA
3 Online Vintage Stores You Need To Know About

Com o desafio que estou a fazer do #NoShoppingMonth, a vontade de descobrir novas lojas vintage também aumentou. Há qualquer coisa de especial em encontrar aquela peça perfeita em segunda-mão, mas à vezes ficamos restritos às lojas locais e, como tal, decidi descobrir lojas vintage online. Claro que têm os famosos sites como o Vestiaire Collective ou o Depop (que também são excelentes escolhas), mas hoje vou partilhar com vocês três lojas vintage mais pequenas com uma curadoria fantástica. Se conhecerem mais, deixem nos comentários também.

Thanks to the #NoShoppingMonth challenge I'm doing right now, I really wanted to find new online vintage stores. There's something special about finding that perfect second-hand piece, but sometimes the local vintage stores we have are not that great, so I decided to find some online vintage stores. Of course, you can always go to the very well-known websites like Vestiaire Collective or Depop (which are great choices), but today I'm sharing smaller vintage stores with very well curated pieces. If you know more, please leave them in the comments below.


Conheci a The Level Store através da edição deste mês da Vogue Portugal e fiquei apaixonada por esta loja. Adoro a estética deles. As peças são bem minimalistas e teria-as a todas no meu armário com todo o gosto.

I got to know The Level Store through the new issue of Vogue Portugal and really fell in love with the stores. I really love their aesthetic. The pieces are very minimalistic, and all of them would be very welcome in my wardrobe.




Acabada de ser lançada, também na Thrift and Statement podem encontrar peças fantásticas. Também com uma linha muito clean e com peças intemporais.

Recently launched, at Thrift and Statement you can also find amazing pieces. They also have a very clean line and with timeless pieces.








Mise Vintage

Se procuram uma estética mais francesa (que eu também adoro), a Mise é a loja que procuram. Com peças bastante femininas, mas com aquele je ne se quois que os franceses já nos habituaram.

If you're looking for a French aesthetic (which I also love), Mise is the store you're looking for. Their pieces are very feminine, but with that je ne se quois that French people always present us with.
Le Trench Coat

Trench coat. Ou gabardine. Um casaco feito para nos proteger da chuva. Visto que o Outono já começou oficialmente (yey!), pareceu-me a altura ideal para fazer uma homenagem a este tipo de casaco que eu tanto gosto de usar nesta altura do ano (blazers, não tenham ciúmes, continuo a gostar muito de vocês). Mas o trench coat é o casaco perfeito para usar com básicos mais frescos, mas é suficientemente quente para nos proteger do tempo mais frio. Basicamente, é o casaco perfeito para usar nesta altura de transição. É um clássico. É intemporal e nunca sai de estilo (o que quer que isso queira dizer). E não nos vamos esquecer que é tão clássico que é perfeito para qualquer ocasião. Ando à procura do tão amado trench coat da Burberry, mas enquanto não o encontro, este será o meu melhor amigo nos dias de Outono que se avizinham.

Trench coat. A coat variety made of waterproof heavy-duty cotton gabardine drill. Since Autumn officially already started (yey!), it seemed like the perfect time to pay homage to one of my favourite coats to wear this time of the year (blazers, please don't get jealous, I still love you very much). But, trench coats are perfect to wear over some lighter basics, but still warm enough to protect you from colder weather. Basically, it's the perfect transitional coat. It's a classic. It's timeless and never goes out of style (whatever that really means). And let's not forget that it's such a classic piece, that is perfect to any occasion. I'm on the hunt for the very classic trench coat by Burberry, but, for now, this one will be my companion for the Autumn days we have ahead of us.

trench coat NEW LOOK | tank top H&M | jeans ZARA | boots PUBLIC DESIRE | bag VINTAGE
My Thoughts On 'The Year Of Death Of Ricardo Reis'

Não estava à espera de trazer este post aqui tão rapidamente, mas um dia chuvoso durante o fim-de-semana foi nisto que deu: terminei 'O Ano da Morte de Ricardo Reis' de José Saramago, o livro que estava a ler, como já vos tinha dito. Sempre tive imensos livros do Nobel português em casa e decidi, finalmente, começar a conhecer a sua obra (sim, é obrigatório na escola, mas tenho a certeza que muitos de vocês, tal como eu, apenas leram os resumos). Este livro sempre me chamou muito à atenção devido ao seu título, afinal de contas, Ricardo Reis é um dos heterónimo de Fernando Pessoa sem data de óbito e parece que Saramago desvenda o mistério ou então termina a sua história. Um aspecto que adorei neste livro é que ao longo da sua leitura vagueamos por Lisboa dos anos 30, na pele de Ricardo Reis, desde a Rua do Alecrim ao Cemitério dos Prazeres. Gostei mesmo muito do livro e fiquei com imensa vontade de ler mais obras do Saramago. Fica aqui mais uma sugestão!

I wasn't expecting to bring this post so soon to the blog, but we had some rainy days this weekend, so it was the perfect time to finish the book I was reading: 'The Year of the Death of Ricardo Reis" by José Saramago. I always had a lot of Saramago's books at home, and I finally decided to get to know the work of the Portuguese Nobel laureate. This book always caught my attention because of its name, since Ricardo Reis is one of Fernando Pessoa's heteronym with no death date and looks like Saramago finally solves the mistery or ends his story. Something that I really love about this book was that while you're reading it, you're also strolling around Lisbon with Ricardo Reis back in the '30s. I really loved the book and really want to read more books by Saramago. So here's another suggestion!


"Dois, sejam eles quem forem não se somam, multiplicam-se."
On My Reading List #5

Já há algum tempo que não vos trazia um post para o 'Book Club', mas estou quase a terminar o livro que estou neste momento a ler, o Ano Da Morte De Ricardo Reis do Saramago (podem esperar um post sobre o mesmo muito em breve) e, por isso, já tenho novos livros na minha wishlist. Decidi  então partilhar com vocês a minha reading list do momento.

It has been a while since I wrote a post for the 'Book Club' category, but since I've almost finished the book I'm currently reading, The Year Of The Death Of Ricardo Reis by Saramago (I'll write about it very soon), I already have quite a few books on my wishlist, so today I'm sharing with you my current reading list.

Calypso by David Sedaris

Como sabem, sou grande fã do estilo e do blog da Lizzy Hadfield e, também ela, tem partilhado os livros que tem andado a ler. Vi o Calypso nas suas Instagram Stories e fiquei muito curiosa. É um conjunto de 21 ensaios e, ao puro estilo de David Sedaris, é um livro que vos vai fazer rir.

As you know, I'm a big fan of Lizzy Hadfield's style and blog and, lately, she has been sharing the books she's reading. I saw Calypso on her Instagram Stories and got really curious about it. It's a collection of 21 essays, and it's a book that it's going to make you laugh at true David Sedaris' style.

To Die For by Lucy Siegle

Tenho adorado a edição de Setembro da Vogue Portugal e todos os artigos estão maravilhosos. Como já vos disse, esta edição é sobre sustentabilidade na indústria da moda e foi, exactamente, nesta revista que descobri este livro. Quero saber e aprender cada vez mais sobre este tema e este livro da Lucy Siegle parece-me a escolha certa, pois fala de todo o processo (quase sempre chocante) por detrás das roupas que vestimos.

I'm really loving the September issue of Vogue Portugal, and all the articles are amazing. As I already told you, this issue is about sustainability in the fashion world, and I found out about this book in this magazine. I really want to know and learn more about this subject, and this book by Lucy Siegle seems like the perfect choice since it's about the shocking process behind the clothes we wear.

My Sister, The Serial Killer by Oyinkan Braithwaite

Como fã que sou do podcast The High Low, gosto sempre de ler os livros que recomendam e, quando mencionaram este livro, fiquei bastante curiosa. É uma história entre duas irmãs e, como podem adivinhar pelo título, uma delas é uma serial killer e tem como "hábito" matar os seus namorados. Apesar de ser um thriller, pelas críticas que li, tem também muito de comédia.

I'm a really big fan of The High Low podcast, and I really like to read the books they recommend. When they mentioned this book, I was really curious about it. It's a story between two sisters and, as you can guess by the title, one of them is a serial killer and has the habit to kill her boyfriends. It's a thriller, but, from all the reviews that I've read, it's also a very funny book. 
Another Great Find

Já tenho este macacão há algum tempo, mas foi daqueles achados em lojas de segunda-mão, por isso tinha mesmo de partilhar com vocês. À primeira vista, na loja, pareceu-me um vestido, mas fiquei encantada com padrão. Também acho a zona do decote muito elegante e, por isso, veio logo comigo. É da Topshop e custou-me apenas 2€. É a prova de que podem encontrar peças incríveis em lojas vintage/segunda-mão. Encontrei-o na Humana e esta continua a ser das minhas lojas de eleição no que toca a lojas vintage. Mas o que acham vocês? Foi uma boa compra?

I already own this playsuit for a while now, but it was such a good purchase at a second-hand store that I had to share it with you. At first sight, it looked like a dress, but I really fell in love with the print. I also really love the neckline, so it came with me right away. It's from Topshop, and it cost me only 2€. It's proof that you can find really good pieces at vintage/second-hand stores. I found it at Humana, and it really is my favourite vintage store. But what do you think? Do you like it?


The Film Diary #5

Peço desculpa pela quantidade de fotos, mas gastei quase dois rolos nesta viagem e adorei o resultado das fotos, por isso temos imensas fotos analógicas neste novo 'film diary'. Mas, como prometido, vou-vos contar tudo sobre a viagem. Começámos a viagem em direcção à Nazaré, onde almoçámos e andámos a explorar a cidade. Se estiverem a pensar passar por lá, subam o Ascensor da Nazaré, a vista é linda. Se tivesse de eleger a cidade/vila que mais gostei nesta viagem, sem dúvida que seria a Nazaré. Depois seguimos para Peniche, onde passámos duas noites. Conseguimos fazer praia, passámos imenso tempo na piscina e, acima de tudo, deu para relaxar. No dia seguinte, fomos explorar Óbidos, outra vila que adorei. Acho que estas fotos transmitem na perfeição a vibe de todos os sítios por onde passámos, espero que gostem!

Sorry for the overload of photos, but I shot two rolls of film on this trip and really loved how the photos turned out, so we have a bunch of analogue photos on this new 'film diary'. But, as promised, I'm going to tell you everything about this trip. We first headed to Nazaré, where we had lunch and strolled around for a bit. If you ever go there, go up the Nazaré's lift, the views are amazing. If I had to choose the city/village that I enjoyed the most on this trip, it would definitely be Nazaré. Then we went to Peniche, where we spent two nights. We went to the beach, spent a lot of time by the pool and just chilled. On the next day, we headed to Óbidos, another village that I loved. I think these photos perfectly showcase the vibe of each place we visited, I hope you like them!