Will I Get Tired Of It?
hat STRADIVARIUS | dress PULL&BEAR | shirt and bag ZARA | boots PUBLIC DESIRE

Se me seguem há relativamente pouco tempo, já devem saber que o padrão leopardo é o meu favorito. Podem imaginar qualquer peça que eu de certeza que a tenho com este padrão. Casaco? Check! Saia? Check! Blazer? Check! Calças? Check! Vocês estão a perceber, certo? Acontece que, para a próxima estação, o padrão leopardo vai ser uma das grandes tendências. Para alguém como eu que adora este padrão é fantástico, porque se antes era difícil encontrar peças com este padrão, este Inverno não vou ter de procurar muito, porque estão, literalmente, por todo o lado, em qualquer loja podem encontrar peças em leopardo. Mas, por outro lado, também sou o tipo de pessoa que se cansa de determinada peça quando todo o mundo a começa a usar. Chamam-lhe o que quiserem, mas não gosto de andar igual a meio mundo. Por isso, será que este Inverno me vou cansar deste padrão que tanto adoro? Sinceramente, eu acho que não, porque nenhum outro padrão me faz sentir tão bem como este e, afinal de contas, já faz parte do meu estilo!

If you've been following for a while you already know that leopard is my favourite print ever. You can think of any piece of clothing that I will for sure own it in this print. Coat? Check! Skirt? Check! Blazer? Check! Trousers? Check! You get it, right? It happens that next season leopard print is going to be one of the biggest trends. To someone like me who loves this print is amazing because if before it was hard to find pieces in this print, this Winter I don't have to look around much, because it's literally everywhere, you can find this print at any store. But it also happens that I'm the kind of person that gets tired of a piece of clothing when everyone starts wearing it. You can call it whatever you want, but I just don't like to look like everyone else. So, will I get tired of this print that I love so much this Winter? Honestly, I don't think so, because any other print makes me feel as good and after all is already part of my style! 
Where To Eat #9 | Lollipop's Diner

Hoje trago-vos mais um post com uma sugestão para uma refeição, o Lollipop's Diner. Não sei se é o primeiro diner a abrir cá no Porto, mas foi a primeira vez que fui a um por cá. Fica na baixa da cidade, muito perto de Cedofeita, e as referências americanas estão por todo o lado. À entrada podem ver uma estátua da liberdade e lá dentro é o típico diner americano com direito a uma jukebox e os sofás vermelhos. Claro que a estrela são os hambúrgueres e as opções são imensas, mas, desta vez, eu optei por uma salada que também era excelente. Com a bebida e café, a minha refeição ficou por volta dos 11€. Ficaram por provar os hambúrgueres que têm excelente aspecto, mas fica para uma próxima, porque vou com certeza voltar. Vocês já conheciam este espaço? E conhecem mais algum diner cá no Porto?  Contem-me tudo!

Today I bring you another post with a suggestion for a meal, the Lollipop's Diner. I don't know if it's the first diner that opened here in Porto, but it was the first I went to one here. It's right in the city centre, really close to Cedofeita, and the American references are everywhere. At the entrance, you find a liberty statue and inside it's the typical American diner with a jukebox and the red sofas. Of course, the main stars are the hamburgers and there're loads of options, but this time I went for a salad that was delicious as well. With the drink and coffee, I paid around 11€ for my meal. Next time I will try the hamburgers because there will be a next time for sure. Have you ever heard about this restaurant before? And do you know any other diners in Porto? Tell me everything!

Rua Mártires da Liberdade, 22
Porto
The Pieces That Will Never Go Out Of Style
shirt ZARA | jeans VINTAGE LEVIS | sneakers VANS | bag SHOPPING A LA CARTE

As tendências vão e vêm e todas as estações há algo novo que toda a gente começa a usar, mas rapidamente se esquecem delas. Lembram-se por exemplo dos skorts? Todo o mundo os começou a usar naquele ano (eu incluída), hoje é raro os vermos. Mas há certas peças que estação atrás de estação não saem de moda, são intemporáis e resistem a todas as tendências. Posso, com toda a certeza, dizer-vos que essas são as minhas peças de roupa favoritas e com que o meu armário está cheio. E este outfit é um exemplo disso mesmo, peças que tenho no meu armário há algum tempo e que continuo a adorar. A primeira é uma camisa branca. Com o decote um pouco diferente do habitual é certo, mas ainda assim tenho a certeza que nunca me vou cansar dela. E depois, as calças de ganga. Podem sempre aparecer modelos novos e há sempre um fit que gostamos mais, mas dizer que irá chegar o dia em que as calças de ganga vão deixar de estar na moda é uma grande mentira. Acho que nenhum de nós consegue imaginar o seu closet sem alguns pares de calças de ganga, estou certa? Claro que há muitas outras peças clássicas que devemos ter no nosso armário, mas isso fica para outro post. Agora digam-me, o que acham deste outfit?

Trends come and go and every season there's something new that everyone starts wearing, but quickly forget about. Do you remember the skorts? On that year everyone started wearing them (me included) and today it's very rare to see anyone wearing them. But there are certain pieces that season after season never go out of style, they're timeless and resist through all the trends. I can surely say that those are my favourite pieces and that my closet is full of. And this outfit is an example of that, pieces that I have for quite a while and that I still love. The first one is this white shirt. Yes, the neckline is a bit different from usual, but I'm still pretty sure that I will never get tired of it. And then, these jeans. Every season it might be a new fit and there's always a model that you like the most, but saying that one day jeans will get out of style is a big lie. I don't think any of us can imagine their closets without a few pairs of jeans, am I right? Of course, there are other classic pieces that we should all have in our closet, but that's for another post. Now tell me, what do you think about this outfit?

photos by LILIANA
More Than Just Hair

Sempre pensei que fosse uma 'short hair kind of girl', até ter deixado o meu cabelo crescer. Tenho-o deixado crescer nos últimos meses e acho que nunca recebi tantos elogios relativos ao meu cabelo, como recebo agora, eu percebo, também o adoro. Sempre fui muito desapegada do meu cabelo, para mim, era só cabelo. Sabem aquele episódio no America's Next Top Model onde fazem as makeovers e muitas delas têm de cortar o cabelo? Algumas choravam imenso por causa disso e sempre achei rídiculo, é só cabelo, irá crescer novamente eventualmente. Mas sabem uma coisa? Agora compreendo-as perfeitamente! Não sei se o nosso cabelo começa a funcionar um pouco como uma barreira de comforto ou se é apenas uma forma de, nós raparigas, mostrar-mos a nossa feminilidade, mas, de certa forma, começa a ser parte de nós e compreendo que ter alguém a dizer-te que vais ter de cortar todo o teu cabelo possa ser assustador e possa fazer-te sentir que vais perdir parte de ti. Com isto disto, não sei se alguma vez irei voltar ao cabelo curto. Não sei se um dia vou ter coragem para voltar a cortar num bob curto como tinh antes. Sinto que o meu cabelo comprido agora faz parte de mim e não sei se me sentiria tão bem com cabelo curto. Talvez um dia me farte e o corte novamente, talvez não, mas por agora estou a adorar o meu cabelo e vai ficar assim durante mais uns tempos.

I always thought of myself as a short hair kind of girl until I let it grow. I've been letting my hair grow for the last couple of months and I don't think I have ever got so many compliments about my hair than I do now and I get it, I'm in love with it as well. I was always very detached to my hair, to me it was just hair. Do you know that episode on American's Next Top Model with the makeovers and some of the models have to cut their hairs? Some of them just cried a lot about it and I always thought they were very stupid, it's just hair, it will grow again. But you know what? I get them now! I don't know if our hair starts working as a comfort blanket somehow or if it's just a way for us girls to show our feminity, but it kind of becomes part of us and having someone telling you that you have to cut your hair off, it might be scary and make you feel like you will lose a part of you. With that being said, I don't know if I will ever go back to short hair. I don't know if one day I will have the guts to just cut it on a short bob as I had before. I feel like my long hair has just become part of me and don't know if I will ever feel as good with shorter hair. Maybe one day I will get tired of it and cut it off, maybe not, but for now, I'm loving my long hair and I will just let it be.
The Monthly Playlist: August

Chegou a altura do mês em que partilho a minha playlist. É, mais uma vez, um mês cheio de músicas bem antigas que tenho adorado ouvir. Preciso de começar a ouvir música nova, novos artistas e outras bandas, por isso adorava que me deixassem as vossas recomendações nos comentários, quem sabem descubro uma nova banda que adoro. Entretanto, podem dar uma vista de olhas no que eu tenho andado a ouvir este mês de Agosto, espero que gostem!

It's that time of the month when I share my playlist. It's once again a month full of old favourites that I've been loving to listen to again. I need to start listening to new music, new artists and other bands so I would love if you could leave me some of your favourites in the comments below. Meanwhile, you can check out what I've been listening to this month of August, I hope you like them!

 
Why It's So Hard To Try New Things
top CSBLA | jeans LEFTIES | belt STRADIVARIUS | bag and sandals ZARA

Cheguei à conclusão que é extremamente difícil para mim experimentar coisas novas. Escolho sempre o mesmo sabor de gelado, nos meus restaurantes favoritos peço sempre o mesmo prato porque sei que vou gostar, quando decido ver um filme vejo um que já vi milhões de vezes e até mesmo começar uma série nova é bastante difícil para mim, não imaginam a quantidade de vezes que já vi os episódios de Friends ou Sex and the City, porque são duas séries que adoro e porque sei que me vou divertir ao ver um dos episódios. São coisas pequenas, mas acho que dizem imenso sobre mim. Sou uma pessoa de hábitos e não há nada de errado com isso, mas quando já vimos o mesmo episódio de uma série mais do que a quantidade aconselhável, torna-se ridículo. Estive a ler sobre este assunto e, pelos vistos, todos nós temos medo do desconhecido e talvez seja exactamente isso que acontece comigo, gosto de saber com o que contar e, por isso, acabo sempre por fazer as mesmas escolhas. Mas digam-me, também são assim ou são completamente o oposto? Eu acho que comigo acontece apenas com estas coisas pequenas do dia-a-dia e claro que é fantástico experimentar coisas novas, afinal de contas, é o que nos faz crescer! É como Einstein uma vez disse: "quem nunca cometeu um erro, nunca experimentou nada novo".

I came to the conclusion that it's very hard for me to try out new things. I always choose the same ice cream flavour, at my favourite restaurants I go for the same dish because I know I'm going to love it, when I decide to watch a movie I always watch one that I've watched a million times before and even starting a new tv series is very hard for me, you can't imagine how many times I've watched some episodes of Friends or Sex and the City, because these are two series that I love and I know I'm going to have fun watching them. These are very small things, but I think they say a lot about me. I'm a person of habits and there's nothing wrong about that, but when you've watched the same episode of a tv show more than what you should it's kind of ridiculous. I was reading about this subject and apparently, we all have some kind of fear for the unknown and I think that's exactly what happens with me, I like to know what to expect and that's why I always end up doing the same choices. But tell me, are you also like this or you're totally the opposite? I think that with me this only happens with these small things from daily life and of course and of course, it's amazing to try out new things, after all, that's what makes us grow! It's like Einstein once said: "Who had never made a mistake, never tried anything new".
The Best Places To Eat Pancakes In Porto

Durante a semana o meu pequeno-almoço é sempre a correr e tenho a certeza que acontece o mesmo com a maioria de vocês. Por isso é que ao fim-de-semana gosto de preparar bons pequenos-almoços ou até mesmo o ir tomar fora. E as panquecas têm de estar sempre no menu! Se também são como eu, hoje vou-vos dizer quais os meus sítios favoritos para comer panquecas aqui no Porto. Curiosos? Vejam a lista em baixo!

During the week I always have breakfast in a rush and I'm pretty sure this also happens with most of you. That's why on the weekends I like to prepare a good breakfast or even go out and have it outside. And pancakes always have to be on the menu! If you're also like me, today I'm going to tell you my favourite places in Porto to eat pancakes. Are you curious? You can find the list down below!

CAFÉ PROGRESSO
As panquecas do café Progresso foram as últimas a ser provadas, mas conquistaram-me à primeira dentada. São as que podem ver na foto e sabem tão bem quanto parecem na foto. Uma excelente opção, mesmo na baixa da cidade.
The pancakes from Progresso cafe were the last ones I tried, but it was love at first bite. They're the ones you can see on the photo and they are as good as they look on the photo. A great option right in the city centre.

O DIPLOMATA
Para mim, o Diplomata é sinónimo de panquecas. Se vou lá à hora do pequeno-almoço ou do lanche é certo que as vou pedir. Têm imensos toppins para escolher e a massa é, realmente, muito boa. Costuma estar bastante cheio, mas a espera vale sempre a pena.
To me Diplomata means pancakes. If I go there around breakfast time or in the middle of the afternoon, there's no way I'm ordering something else. They have loads of toppings to choose from and the dough is really good. It's usually very crowded, but the wait is always worth.

NOSHI 
O Noshi é um café mais saudável, por isso as panquecas também o são. No menu podem encontrar panquecas de aveia e, sinceramente, são as minhas favoritas. A massa é bem mais leve, mas igualmente saborosa. A única coisa menos positiva é que não é possível escolherem a fruta que vem a acompanhar com as panquecas.
Noshi is a healthier cafe so the pancakes are healthier as well. On the menu, you can find oat pancakes and honestly, these are my favourites. The dough is way lighter but equally delicious. The only thing that I don't like as much is that you can't choose the fruit that comes with the pancakes.
A Love Letter To Midi Skirts
t-shirt BERSHKA | skirt LEFTIES | sneakers VANS | bag SHOPPING A LA CARTE

Acho que por esta altura já se aperceberam que este Verão ando viciadíssima em saias. As mini-saias são as minhas favoritas, mas em certos dias, simplesmente, não tenho paciência para "lidar" com elas, percebem o que quero dizer? Não me interpretem mal, adoro mini-saias e sinto-me fantástica quando as uso, mas quando usamos uma temos sempre de ser bastante cuidadosas com os nossos movimentos e sempre que nos sentamos ter a certeza que não estamos a mostrar mais do que aquilo que queremos e há certos dias em que, simplesmente, não queremos ter estas preocupações. É quando as saias midi aparecem e salvam o dia. Não sou muito alta e sempre achei que as saias midi me faziam parecer mais baixa, mas este Verão comecei a adorá-las. São tão frescas como qualquer outro tipo de saia, mas a melhor parte é que são super confortáveis. Claro que tive de comprar uma com o padrão leopardo, mas se no Verão passado apenas tinha uma saia midi no meu armário, este ano a colecção aumentou substencialmente. E já que já estou super ansiosa pela chegada do Outono, as saias midi também são uma excelente peça de transição, quem não adora um outfit com uma malha chunky e uma destas saias?! Por isso aqui fica a minha carta de amor às saias midi, nunca pensei dizer isto, mas apaixonei-me mesmo!

I guess you have already noticed it, but this Summer I'm really into skirts. Mini skirts are my favourites, but there are certain days that you just can't deal with it, do you know what I mean? Don't get me wrong, I love mini skirts and I sure feel amazing in one, but you have to always be very careful with your moves, make sure you don't show more than what you want when you sit down and there are certain days when you just don't want to deal with all that. That's when midi skirts come to save the day. I'm very short so I always thought midi skirts made me look shorter, but this Summer I'm really into them. They are just as breezy as any other kind of skirt, but the best thing is that they are super comfortable. Of course, I had to buy one in a leopard print, but if last Summer I only had one midi skirt in my wardrobe, this season the collection has grown. And since I'm already thinking about Autumn, they're the perfect transitional piece, who doesn't love an outfit with a chunky knit and a midi skirt?! So here is my love letter to midi skirts, I didn't see this one coming, but I really fell in love!
3 Memoirs To Read This Summer

Se há altura do ano em que leio mais livros é no Verão. Não me perguntem porquê, mas acho que leio mais livros nesta altura do ano do que no ano inteiro. Quero começar a partilhar mais com vocês os livros que leio e estou a pensar talvez começar uma nova categoria aqui no blog, mas hoje vou partilhar com vocês três livros de memórias que eu adoro. Adoro ler memórias, são o meu tipo de livro favorito e parece que tenho um padrão, todas as memórias que leio são de pessoas relacionadas com o mundo da música, mas, sem dúvida, que estas pessoas têm as melhoras histórias para contar. Aqui estão três biografias para lerem este Verão.

If there's a time that I read a lot is during Summer. Don't ask me why, but I think I read more in Summer than in the whole year. I want to start sharing with you the books I'm reading and I'm actually thinking about starting a new category here in the blog, but today I will share with you three memoirs that I love. I love reading memoirs, they're my favourite kind of books and it looks like I have a certain pattern, all the memoirs I've read are from people related to music, but they definitely have the best stories to tell. So here are three memoirs for you to read this Summer.

JUST KIDS BY PATTI SMITH
Não me canso de falar deste livro. Recomendo-o a toda a gente e, inclusive, já falei dele várias vezes aqui no blog. Será sempre o meu livro favorito e que não me canso de ler vezes e vezes sem conta.  Além de se focar na relação de Patti Smith com Robert Mapplethorpe, podem-se perder na ruas de Nova Iorque nos anos 60.
I can't get tired of talking about this book. I recommend it to everyone and I already talked about it here on the blog several times before. It will always be my favourite book that I can read over and over again. Besides focusing on the relationship between Patti Smith and Robert Mapplethorpe, you can also get lost in the streets of New York in the 60's. 

THE GIRL IN THE BAND BY KIM GORDON 
Ao contrário do Just Kids da Patti Smith, no 'A Miúda da Banda' podem acompanhar toda a vida da Kim Gordon, a emblemática baixista e vocalista dos Sonic Youth. Começa com a sua infância em Nova Iorque, a mudança para Los Angeles, a formação da banda e o seu casamento com Thurston Moore. E acima de tudo, ficam a perceber o que significa ser uma mulher num mundo em que os homens são a maioria.
Against Just Kids by Patti Smith, on the 'Girl In A Band' you can read about Kim Gordon's whole life, the emblematic bass guitarist and vocalist of Sonic Youth. It starts with her childhood in New York, her move to Los Angels, the beginning of the band and her marriage with Thurston Moore. Besides everything, you really get to understand how it is to be a woman in a world where men rule.

LIFE BY KEITH RICHARDS
E se nos dois livros anteriores, os Estados Unidos são o ambiente de fundo, no Life do Keith Richard vão directos para o Reino Unido nos anos 60. Confesso que não sou a maior fã dos Rolling Stones, mas a origem da banda fez-me querer ler este livro e adorei. Sex, drugs and rock 'n' roll - é mesmo a melhor frase para descrever este livro. 
And if in the other two books the United States is the background, on Life by Keith Richards you go straight into the United Kingdom in the 60's. I confess that I'm not the biggest fan of Rolling Stones, but the place where the band is from really made me want to read this book and I loved it. Sex, drugs and rock 'n' roll - this really is the best quote to describe this book.
A Day In The Life Of A Blogger

O dia-a-dia de uma blogger baseia-se, essencialmente, em criar conteúdo e, depois, tratar desse mesmo conteúdo para partilhar com vocês. O dia em que tirámos esta foto foi um dia bastante produtivo em que consegui preparar vários posts, por isso achei interessante falar-vos um bocadinho de um típico dia de uma blogger.

The daily life of a blogger is all about creating content and then getting that content ready to share with you. The day we took this photo was a very productive day for me in which I could get several posts, so I thought it would be interesting to talk you through a typical day of a blogger.

GET EVERYTHING READY
Sou daquelas pessoas que decidi o que vestir no dia anterior, por isso esta parte já estava previamente preparada. Sabia que queria fotografar dois outfits, portanto um deles já estava arrumado para mais tarde fotografar.
I'm one of those people who decide what to wear on the previous day, so this part was already ready. I knew I wanted to shoot two outfits so one of them was already in a bag to take with me to shoot later.

 CREATE CONTENT
Além dos típicos outfits, gosto de partilhar com vocês outro tipo de conteúdo. Sabia que iamos a um brunch num sítio que nunca tinha ido, por isso aproveitei para criar um novo post para a rúbrica 'Where To Eat' (que podem ler AQUI). Além disso, aproveitei também para fotografar para o post 'The Best Apps To Edit Insta Stories' (que podem ler AQUI).
Besides the typical outfits, I like to share with you another kind of content. I knew we would be going to have brunch to a place I've never been before so I took this chance to create a new post for the 'Where To Eat' category (that you can read HERE). Besides that, I  also shot for the 'The Best Apps To Edit Insta Stories' post (that you can read HERE).

SHOOT OUTFITS
Depois foi a hora de fotografar os outfits. Nesse dia, como já vos disse, fotografei dois. Sempre que tenho tempo, tento fotografar o máximo possível, pois durante a semana não sei se irei ter tempo. O primeiro outfit foi fácil encontrar um sítio, mas para o segundo já foi bem mais difícil encontrar um background perfeito, mas lá conseguimos encontrar. Normalmente, demoramos entre 10 a 15 minutos a fotografar cada outfit.
After all that, it was time to shoot the outfits. As I already told you on that day I shot two different outfits. Every time I have some time I try to shoot as much as possible because during the week I don't know if I will have time. The first outfit was very easy to find a place to shoot, but for the second one was kind of hard to find the perfect background, but we did it anyway. Usually, it takes between 10 to 15 minutes to shoot an outfit.

EDIT AND SCHEDULE
Por fim, temos de editar todo o conteúdo que criámos e organizar os posts. Eu já tinha a semana do blog organizada, por isso já sabia quando ia publicar cada um dos posts, mas, mesmo assim, ainda fiz o upload das fotos e comecei a pensar no tema para cada post.
Lastly, you have to edit all the content you've created and organize the posts. I already had the week of the blog organized so I knew when I was going to post each post, but I still did the upload of the photos and started thinking about the theme of each post. 
A Weekend Surrounded By Nature

Como sabem, este fim-de-semana fui até ao Gerês. Sou, assumidamente, uma rapariga de cidade, mas não imaginam o quão bem me soube este fim-de-semana no campo. Longe da confusão da cidade, sem rede no telemóvel e em contacto com a Natureza. Às vezes, só mesmo lá estando é que nos apercebemos de que, realmente, estavamos a precisar de uns dias assim. O nosso país tem sítios maravilhosos e o Gerês é um deles. Aconselho a fazerem uma pesquisa e visitaram algumas cascatas e lagoas, é mesmo incrível o que a Natureza consegue fazer. Nós fomos à Cascata da Portela do Homem, à Cascata do Arado e à Cascata do Tahiti. Os caminhos para chegar às cascatas não são os mais fáceis, é preciso ter bastante cuidado, mas, depois de lá chegarem, chegam à conclusão que todo o esforço valeu a pena. Ficam com algumas fotos que fui tirando durante o fim-de-semana, mas nada como ver estas maravilhosas vistas ao vivo e respirar algum ar puro! 

As you know, this weekend I went to Gerês. I definitely am a city girl, but you can't imagine how good it felt this weekend on the country. Away from the city, without service on my phone and surrounded by nature. Sometimes only when you get there you realize how much you were needing some days like that. Our country has gorgeous places and Gerês is one of them. I really recommend you to do a little research and visit some waterfalls and lagoons, it really is amazing what nature can do. We went to Portela do Homem Waterfalls, Arado Waterfalls and Tahiti Waterfalls. The roads to get there are not the easiest, you have to be very careful, but once you get there you realize that all the effort was so worth it. Here you can see some photos that I took, but there's nothing like seeing this amazing views with your own eyes and breath some fresh air!