The Suit

Se por algum motivo tivesse de escolher algo para usar para o resto da vida, escolheria, sem qualquer dúvida, um fato. Um fato preto, simples e clássico. Sabem aqueles outfits que vocês usam e que realmente vos fazem sentir "vocês"? Aqueles outfits que representam o vosso estilo a 100%? É assim que me sinto sempre que visto um fato. E se já tinha, anteriormente, partilhado com vocês o meu amor por este blazer, agora encontrei o companheiro perfeito para ele. Já há algum tempo que andava à procura de umas calças de fato straight-leg e estas são perfeitas. Tenho-as usado imenso. Tanto o blazer, como as calças, sei que são peças que vão estar no meu armário durante muitos anos. Mas agora quero saber: se só pudessem usar um outfit para o resto da vossa vida, o que seria?

If for any reason I had to choose an outfit to wear for the rest of my life, with no doubt, I would choose a suit. A black, simple and timeless suit. Do you know those outfits that just make you feel like you? That really represent your style? That's how I feel every time I put on a suit. And if I already declared my love for this blazer before, I now found the perfect companion for it. I was on the hunt for the perfect tailored straight-leg trousers and these ones tick all the boxes. I just love how long and loose they are. I've been wearing them a lot. Both the blazer and the trousers are classic pieces, and I know they're going to be in my wardrobe for a very long time. But now I want to know: if you could only wear an outfit for the rest of your life, what would it be?  


blazer MASSIMO DUTTI | top BRANDY MELVILLE | trousers MANGO | sneakers VANS | bag VINTAGE
The Monthly Playlist: October

Estamos quase quase no fim de Outubro e, como tal, está na hora de partilhar com vocês a minha playlist deste mês. Trouxe de Londres o 'Everything I've Come To Expect' dos The Last Shadow Puppets e, apesar de já ser um álbum antigo, havia muitas músicas que não conhecia e, como tudo desta banda, claro que as adorei. Mas este mês andei a ouvir, essencialmente, músicas mais antigas, a única novidade é a mais recente música dos Tame Impala que, finalmente, anunciaram o lançamento de um novo álbum, mal posso esperar por ouvir. Mas e vocês? Que andaram a ouvir este mês?

October is almost coming to an end, so it's time to share with you my monthly playlist. When I was in London, I bought 'Everything I've Come To Expect' by The Last Shadow Puppets and even though is an old album, there were a few songs that I haven't heard before and really fell in love with them. But this month I've only been listening to old songs, the only thing new is the latest song by Tame Impala that finally announced the launch of their new album, so excited for it. But what about you? What have you been listening to this month?

Did Influencers Ruin The Term 'Influencer'?

Digital influencer. Alguém com um grande número de seguidores nas redes sociais e com o poder de influenciar decisões de compra dos seus seguidores. É um trabalho para muitas pessoas e, apesar das redes sociais serem um efeito secundário para mim (irei sempre considerar-me primeiro blogger e o meu blog será sempre a minha plataforma principal), admito que também eu faço dinheiro como influencer. No entanto, o termo 'influencer' tem já tanto negativismo associado que os influencers já não querem ser reconhecidos como influencers. Eu compreendo, a imagem que se tem de um influencer é alguém que recebe coisas grátis, que não tem qualquer tipo de trabalho, nem tão pouco talento. Claro que ninguém quer ser visto desta forma. O mesmo aconteceu há uns anos atrás quando os blogs apareceram. Ser fashion blogger era sinónimo de ser um pouco burro e egocêntrico, basicamente o mesmo que se passa hoje com os influencers. Mas só quem faz isto é que sabe o quão difícil pode ser. Temos de ser imensas coisas ao mesmo tempo. Temos de criar conteúdo, organizá-lo, fotografar, editar as fotografias, escrever e lista continua por aí fora. Por isso sim, sou influencer e com muito orgulho.

Digital influencer. Someone who built up a following on social media and has the power to affect purchase-decisions of his/her followers. It's a job for many people and even though social media is a side effect for me (I will always first consider myself a blogger and my blog will always be my main platform) I admit that I also make money as an influencer. However, the term 'influencer' has garnered a lot of negative connotations and influencers don't want to be recogzine as influencers anymore. I totally get it, the perception of an influencer has now become someone who gets free stuff, who has no real job and has no talent, and no one wants to be perceived like that. The same happened a few years ago, before Instagram, when blogs became a thing. Being a fashion blogger was synonymous of being vain and self-centred, pretty much the same that is happing today with influencers. Only who does this know how hard it can be. We have to be so many things at once. We have to create content, organize it, take photos, edit the photos, write, and the list goes on and on. So yeah, I'm an influencer, and I'm proud of that.

blazer and trousers H&M | t-shirt BACKSTAGE ORIGINALS | boot BERSHKA | bag VINTAGE
My Thoughts On 'My Sister, The Serial Killer'

Como já tinha dito no meu Instagram, escrever uma review do livro 'My Sister, The Serial Killer' estava a ser bastante difícil para mim. Isto porque tenho mixed feelings quanto ao livro. Gostei imenso da história, mas não fiquei fã da escrita da Oyinkan Braithwaite. Conta então a história de duas irmãs, sendo que uma é uma serial killer que assassina todos os seus namorados e, a outra, Korede (a narradora da história) ajuda-a a encobrir os crimes. A história é bastante cativante, no entanto, os capítulos são bastante pequenos e com um ritmo muito rápido e isto foi algo que, realmente, não gostei tanto no livro. Eu gosto de ler um livro com um ritmo liricamente suave, ou então com um ritmo emocionante de suspense e senti que este livro não tem nem um nem outro. Mas, sem dúvida, que é um livro viciante e o fim foi bastante surpreendente.

As I already wrote on my Instagram, I was really struggling to write a review on 'My Sister, The Serial Book'. I really have mixed feelings about this book. The story is oddly addicting. It tells the story of two sisters, one is a serial killer who murders all her boyfriends, the other one, Korede (the narrator of the story) helps her cover her crimes. I really enjoyed the plot, but I'm not a big fan of Oyinkan Braithwaite's writing style. The chapters are very short, and it's a very fast-paced story, and that was an issue for me. I'm a reader who likes a lyrically smooth pace or a heart-pounding thriller pace, and this book is neither of them. However, it really is a very addicting book, and the ending really managed to surprise me.


"I am more haunted by her actions than she is."
New Makeup Favorites

Já há algum tempo que não vos trazia um post dedicado a maquilhagem, mas a verdade é que a minha rotina de maquilhagem é bastante simples e sempre que encontro produtos que funcionam comigo, dificilmente, os troco. No entanto, nestes últimos tempos tenho experimentado produtos novos que rapidamente se tornaram favoritos. Portanto, aqui estão três produtos que tenho adorado usar e que já não consigo largar.

It has been a while since the last time I did a post dedicated to makeup, but, to be honest, my makeup routine is very simple, and when I find products that work for me, very likely I will stick to them. However, these last couple of days I've been trying out new products that quickly became favourites. So here are three products that I've been using lately and that I really love.

Lip Velvet Crush by Burberry

Já declarei o meu amor ao Velvet Teddy da MAC diversas vezes. É, sem dúvida, o batom que mais uso e é o meu batom do dia-a-dia. Mas andava à procura, não de um substituto, mas de um batom para de vez em quando variar. Foi então que experimentei o Lip Velvet Crush da Burberry e fiquei encantada. É super fácil de usar e tanto podemos aplicar com toques suaves para obter um efeito manchado ou espalhar para obter uma cobertura mate. Este é no tom Copper Pink número 16. 

I already declared my love for Velvet Teddy by MAC several times before. It definitely is the lipstick that I use the most and my daily go-to. But I was on the hunt for a new lipstick to change it up a bit once in a while. So I tried Lip Velvet Crush by Burberry, and I'm in love. It's really easy to apply, and you can build the finish from an understated stain to a moderate coat of colour. Mine is in the Copper Pink shade.


Vynil Waterproof Dipliner by Flormar

Algo novo que tenho feito na minha rotina de maquilhagem é um eyeliner cat-eye e com este eyeliner da Flormar essa tarefa ficou bem mais facilitada. Não sei explicar porquê, mas acho a aplicação deste produto super fácil. Este tem um acabamento brilhante e tenho adorado usá-lo e experimentar diferentes formatos de eyeliner.

Something new that I introduced to my makeup routine is a cat-eye eyeliner and with this eyeliner by Flormar is really easy to do it. I can't explain why, but applying this product is really easy for me. It has a shiny finish, and I've been having a lot of fun playing with it.



A máscara de pestanas é, provavelmente, o produto que mais altero. Gosto de experimentar de diversas marcas, pois todas elas têm resultados diferentes. Esta é perfeita se procuram umas pestanas volumosas (acho que é isso que todas queremos, certo?). Já me tinha rendido à They're Real da Benefit, mas, para ser honesta, estou bastante dividida entre estas duas.

Mascara is probably the product that I change the most. I really like to try out this product from different brands because you can get different results from all of them. This one is perfect if you want very voluminous eyelashes (I guess we all want that, right?). They're Real by Benefit was one of my favourites, but now I'm torn between these two.
What Was The Best Fashion Era?

Algumas pessoas adoram a moda dos anos 60 e a revolução das mini-saias que aconteceu nessa década. Outras pessoas são fãs dos anos 70 e dos flared jeans tão característicos dessa altura. Depois existe um grande contraste entre a loucura dos anos 80 e o minimalismo dos 90. Eu adoro os anos 70 e os 90 e ambos são uma grande inspiração para mim, mas se me perguntarem qual foi a melhor era no que toca a moda, a minha resposta é hoje. Acredito mesmo que estamos a viver uma das melhores eras no que toca a moda. Pois podemos pegar em todas estas referências de décadas anteriores e brincar com elas. Um dia tanto podemos ser uma autêntica Jane Birkin, como no dia seguinte podemos estar a usar slip dress ao verdadeiro estilo de Kate Moss. Ou então podemos ser uma mistura disso tudo. A moda é cíclica. Já tudo foi criado, todas as tendências já foram ditadas, a única coisa que se pode alterar é como as adaptamos ao nosso estilo. E se há coisa que eu gosto de fazer é isso mesmo.

Some people love the 60s and the miniskirt revolution that happened during that time. Other people love the 70s and the flared jeans that got famous back then. Then we have a very big contrast between the craziness of the 80s and the 90s' minimalism. I love the 70s and the 90s and both decades are very inspiring to me, but if you ask me what was the best fashion era, my answer is now. I truly believe we are living in the best fashion era. We can get inspiration from all these past eras and have fun with it. One day we can channel our inner Jane Birkin, and, on the next day, we can be wearing a simple slip dress in true Kate Moss style. Or we can be a mix of all that. Fashion is cyclic. Everything has been made, all the trends have been worn before, the only thing that can change is how we adapt them to our own style. And if there's one thing I love doing is that.

shirt COMME DES GARÇONS | trousers H&M | boots BERSHKA | bag VINTAGE

photos by MARTA
The Film Diary #8

Se me seguem no Instagram, viram que na semana passada estive por Lisboa, por isso, mais uma vez, as fotos deste Film Diary foram fotografadas entre o Porto e Lisboa. Além dos Film Diaries, estou a pensar trazer mais posts com fotos em filme, era algo que gostavam de ver? Digam-me nos comentários. Espero que gostem das fotos!

If you follow me on Instagram, you know that last week I was in Lisbon, so, once again, the photos of this Film Diary were shot between Porto and Lisbon. Besides the Film Diaries, I'm thinking about bringing more posts with film photos, is that something you would like to see? Let me know in the comments below. I hope you like the photos!