Este livro é um pouco diferente do tipo de livros que normalmente vos trago, mas, igualmente, interessante. Não é nenhuma biografia, nenhum livro de memórias, nem nenhum romance, mas cativou-me pelo seu título. Quiet: The Power of Introverts in a World That Can't Stop Talking. Já o disse aqui várias vezes e já escrevi posts sobre isso, mas identifico-me como introvertida. Depois de ler este livro, acho que é perfeito para um extrovertido ler para perceber o outro lado do espectro um pouco melhor, mas acabei por também aprender imenso sobre mim. Aqui estão três coisas que aprendi com este livro.

This book is a bit different from what I usually review, but it's very interesting. It's not a biography, it's not a memoir, and it's not a novel, but the title really caught my attention. Quiet: The Power of Introverts in a World That Can't Stop Talking. I already said this a couple of times before, but I'm an introvert. After reading this book, I really think it's perfect for an extrovert to read just to understand us a bit better, but I also learned a lot about myself. Here are three things I learned from this book.

1. Not All Introverts Are Shy

No meu entender, um introvertido seria sempre uma pessoa envergonhada. No entanto, neste livro percebi que uma coisa não implica a outra e acho que faz todo o sentido. Basta olhar para mim, apesar de ser introvertida, não acho que seja envergonhada. Posso, por vezes, preferir ficar em casa, no meu espaço, a ler, porque é realmente algo que gosto de fazer, mas não deixo de me juntar a situações mais sociais por ter vergonha.

Mistakenly, I always thought that an introvert was a shy person. However, reading this book made me realize that that's not necessarily true. I just have to look at myself, I think I'm an introvert, but I don't think I'm shy. Sometimes, I might stay at home reading a book because that's something that I really enjoy doing, but shyness doesn't stop me from joining other social events.



2. I'm Not 100% An Introvert

Tendo de definir a minha personalidade como introvertida ou extrovertida, sem dúvida, que sou introvertida. Não gosto de falar para um grande audiência e dou muito valor ao meu tempo sozinha, mas não posso dizer que sou introvertida a 100%. Os introvertidos preferem passar tempo a ler e a escrever, do que estar com os seus amigos ou sair à noite. Eu, sinceramente, gosto dos dois e não consigo dizer que prefiro um a outro. Os introvertidos preferem ir tomar um café sozinhos ou passear sozinhos, eu, apesar de o fazer, prefiro fazer tudo isso acompanhada. E, por estas razões, não posso dizer que sou 100% introvertida.

Having to choose between introvert and extrovert, I will, definitely, choose introvert. I don't like to speak to an audience and I really appreciate my time alone, but I don't think I'm 100% an introvert. Introverts prefer to spend time reading or writing than spending time with their friends or partying. Honestly, I love both and can't say that I prefer one to another. Introverts rather have a coffee or stroll around alone, I enjoy doing that alone, but if I have to choose I rather do that with someone. And for those reasons, I don't think I'm totally an introvert.

3. There's Nothing Wrong With Being An Introvert

Isto já tinha percebido há algum tempo, mas este livro ainda corrobora mais esta minha opinião. Chega mesmo a dar exemplos de vários introvertidos que singraram, sem os quais o mundo neste momento seria bastante diferente, tal como Albert Einstein ou Rosa Parks. Desde crianças que somos levamos a acreditar que ser extrovertido é o ideal. Mas este livro mostra como isto está completamente errado. Cada um tem a sua personalidade e há, de facto, muitas vantagens em ser introvertido.

I already came to this conclusion a couple of years ago, but this book really supports this opinion of mine. It actually gives some examples of introverts who made it in this world, and that somehow changed it, like Albert Einstein or Rosa Parks. Since a very young age that we are told that being an extrovert is the ideal. But this books shows how that's completely wrong. We all have our personalities, and there are actually some advantages of being an introvert.

Post a comment

Contact

© Fashion Mask.
Design by The Basic Page