Let's Talk About Comfort Zones

Let's Talk About Comfort Zones


"Your comfort zone will kill you". Não sei quem foi o autor desta frase, mas li-a num destes dias numa daquelas idas ao Pinterest à procura de alguma inspiração e fiquei a pensar nela. Medo do desconhecido é algo que todos sentimos, mesmo que de diferentes modos. Consigo compreender que as zonas de conforto possam potencialmente tornar a nossa vida mais aborrecida, mas serão assim tão más para nós? Normalmente, quanto mais tempo ficas na tua zona de conforto, menos feliz tendes a ser. Mas e se, de facto, fores feliz na tua zona de conforto? Para estares no teu melhor, não significa que tenhas de levar tudo ao extremo e estar constantemente a fazer algo novo. Eu, por exemplo, sou uma pessoa que adora rotinas e consigo encontrar felicidade nelas. Adoro todos os dias acordar de manhã com o Sol ainda a nascer e tomar o meu cappuccino enquanto a cidade ainda está a acordar, adoro como a minha gata se junta a mim nesta minha pequena rotina e adoro ouvir todas as quintas-feiras o meu podcast favorito assim que sai. Dito isto, não estou a dizer que não saia da minha zona de conforto às vezes e, realmente, sempre que o faço sinto que cresço e que aprendo sempre algo novo. Mas as zonas de conforto têm uma má reputação e não acho que as deveríamos desprezar da forma como tendemos a fazer nos dias de hoje. Por isso pergunta-te sempre: és realmente feliz ou estás apenas confortável em determinada situação? A resposta vai-te dizer se deves sair da tua zona de conforto mais frequentemente ou não.

"Your comfort zone will kill you". I don't know who's this quote is by, but I saw it in one of those late nights strolls on Pinterest looking for some inspiration and it got stuck in my head. Fear of the unknown is something that we all feel, even if in different amounts. I can understand that comfort zones can make your life quite boring and I always make sure to step outside of it sometimes, but will really kill me? Are comfort zones that bad? The thing is that the longer you stay within your comfort zone, the less happy you tend to be. But what if I am actually happy in my comfort zone? Being your best self doesn't mean you have to be always pushing to the extreme and doing something new all the time. I am a person who loves routines and I can find happiness in them. I love having my cappuccino every morning while the Sun is rising, I love how my cat always while I do that and I love to listen to my favourite podcast every Thursday right when it gets available online. With that being said, I'm not saying that I don't get out of my comfort zone once in a while and yes, I have to admit it feels good and I learn a lot. But comfort zones have a bad reputation and I don't think we should despise them as much as we do nowadays. So always ask yourself: are you really happy or just comfortable? The answer will tell you if you're just fine on your comfort zone or if you have to step out of it more often.

blouse ZARA | jeans WEEKDAY | sneakers VANS | bag VINTAGE

photos by MARTA
  1. O look é super fixe! Gosto mesmo muito dessa blusa! *-*
    E o tema do post, como tem acontecido, não fica nada nada atrás! Super que vou começar a tentar pensar mais da forma como terminas o post "és realmente feliz ou estás apenas confortável?".
    É q o conforto é tão bom, tão seguro. Não há nada, principalmente para control freaks como eu, q me saiba melhor do q contar com a velha da boa rotina, onde tudo corre como esperado. E isso impede não só q as coisas más aconteçam, mas também que as coisas boas aconteçam. Basicamente, ficamos na mesma, não perdemos nada(do q já temos) mas também não ganhamos nada (apenas conforto).

    ReplyDelete
    Replies
    1. Muito obrigada querida <3
      Quanto ao que disseste sobre o tema do post, é realmente essa pergunta que te deves fazer, mas ao mesmo tempo não tenhas mesmo de estar na tua zona de conforto, mas tenta perceber quais os momentos certos para de vez em quando sair dela!

      Delete