Why I Don't Believe In Guilty Pleasures

Why I Don't Believe In Guilty Pleasures


Guilty pleasure. Quando gostas de uma certa música ou de um programa de televisão, mas tens vergonha de o admitir. Esta é a definição de guilty pleasure e deixem-me dizer-vos, não a consigo perceber. Se gostas de alguma coisa, porque haverias de ter vergonha de o admitir? Eu gosto de certas coisas que não são fantásticas, mas não tenho problema nenhum em admiti-lo. Adoro ver Keeping Up With The Kardashians, por exemplo. Não, não aprendi nada ao ver o programa, mas não tenho vergonha nenhuma em admitir que vi todos os episódios, alguns até mais do que uma vez. Às vezes ouço música da Britney Spears. As letras são péssimas, mas eu gosto delas e até vos posso dizer que tenho dois álbuns dela que adoro. Porque te haverias de sentir culpado por algo que gostas e que, de alguma forma, te faz sentir bem? E, na verdade, quem decide o que se deve gostar ou que não se deve gostar? E, por isso, é que não acredito nos guilty pleasures. Se gostas de alguma, simplesmente gosta, não é algo que vai determinar a tua personalidade ou aquilo que és enquanto pessoa. Se gostas, own it!

Guilty Pleasure. When you enjoy a type of music or a particular program but you're ashamed to admit you like it. This is the definition of guilty pleasure and let me tell you, I can't quite understand it. If you like something, why would you feel guilty about it? I like certain things that I know aren't great, but I'm not ashamed to admit it by no means. I love Keeping Up With The Kardashians. No, I haven't learned anything while watching it, but I watch it and I'm not ashamed to admit that I've watched every episode, some even twice. Sometimes I listen to Britney Spears's songs. Some lyrics are really bad, but I enjoy them and I'm not scared to admit that I even own two of her albums. Why feel guilty about something you enjoy and that ultimately makes you feel good? Like, who decides what it's acceptable to like and not to like? And that's why I don't believe in the concept of guilty pleasures. If you like something, just like it, it's okay and that's not something that determinates your character or who you are as a person. If you like it, own it!

jumper LOAVIES / skirt SPRINGFIELD / tights CALZEDONIA / boots STRADIVARIUS
  1. Tal e qual!
    Acho que esse pensamento do guilty pleasure também tem muito que ver com estas gerações mais recentes.. A necessidade de pôr um rótulo em tudo, o pensamento de que se és assim não podes fazer ou gostar de x ou y, porque se não já não és assim.. Sou super contra isso, e acho mesmo que cada um de nós pode e é tantas coisas ao mesmo tempo, ou em tempos diferentes, que é super normal que uma mesma pessoa possa gostar de coisas diferentes, coisas que por exemplo são contraditórias até xD a mim acontece-me imenso na música.. o tipo de música que mais gosto é rock, rock alternativo, indie rock.. mas dependendo do meu estado de ânimo, ou das ocasiões, consigo perfeitamente ouvir músicas que nada têm a ver com estes estilos que acabei de falar, e gostar! Por isso, just go with the flow and enjoy it, e que se dane o resto! :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sou tal e qual como tu, a minha música favorita também é o rock e o indie rock, mas isso não quer dizer que de vez em quando não ouça música mais comercial e que não vibre com ela. É exactamente isso: go with the flow and enjoy it :)

      Delete
  2. Como concordo contigo, eu cá não tenho vergonha nenhuma de admitir aquilo de que gosto !!
    Gostei muito do conjunto :)

    xoxo,
    www.watermelonclouds.tk

    ReplyDelete
    Replies
    1. É assim mesmo, não há que ter vergonha!
      Muito obrigada :)

      Delete